quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Toddynho inicia recall de lote adulterado no RS

A empresa Pepsico do Brasil Ltda. iniciou uma campanha de recall de cerca de 80 unidades de Toddynho Original 200ml no Rio Grande do Sul. A ação foi protocolada no Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça. A empresa vai efetuar a troca por um produto similar ou restituir os consumidores.
As trocas serão dos produtos com lotes entre L4 32 05:30 e L4 32 06:30, válidos até 19/02/2012. A empresa responsável informou que pelo menos metade das 80 caixinhas adulteradas, fabricado na unidade de Guarulhos, em São Paulo, já foram retiradas do mercado.
Em comunicado, a Pepsico disse que a investigação preliminar indicou que a falha ocorreu na limpeza de uma máquina. Uma das linhas de produção se misturaram com produtos de limpeza à base de água e detergente. "A empresa recolheu imediatamente, ainda dentro da fábrica, as embalagens impróprias para o consumo, porém cerca de 80 delas chegaram ao mercado", explicou a empresa, em nota.
Segundo a empresa, não é aconselhável o consumo do achocolatado do lote alterado. Um médico foi designado para orientar consumidores que tenham tido contato com o produto por meio do Serviço de Atendimento ao Consumidor.
O Laboratório Central do Rio Grande do Sul informou ter encontrado pH impróprio para o consumo humano em um dos 13 lotes da marca avaliados. Foi encontrado pH de 13,3 no lote 4 32, semelhante ao da soda caústica. A venda do produto no estado permanece proibida enquanto as outras análises não são concluídas.
A Secretaria de Saúde gaúcha registrou, até esta quinta-feira, 39 casos de intoxicação em 15 municípios por causa da bebida, como irritação e queimaduras na boca de crianças.
Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas com a empresa pelo telefone 0800 703 2222 ou pelo site www.toddynho.com.br.

Fonte: Agência Brasil

Um comentário:

Anônimo disse...

Sr. Manel e a Febre Rosa
"FOMOS ASSIM" "SOMOS ASSIM"

Não tenho nada contra o querido e fofinho Esdras, mas que estou estranhando a mudança de postura da revista “Somos Assim”, estou! Analisem a foto acima, tem ou não uma mudança de postura?
Eu, Sr. ou Sra. Pimenta Malagueta, sempre fui um(a) fã da revista, sempre admirei as matérias e a coragem do editor em investigar os “podres” dos nossos políticos, mas de uns tempos pra cá estou ficando decepcionado(a). Será que um dos mais influentes jornalistas da cidade mudou de opinião ou se bandeou para o lado do Coronel Bolinha? Digo isso e até mesmo indago, por vários motivos: a mudança de postura da revista, o sorriso do jornalista editor ficou meio amarelo e a principal mudança e mais simples, é que todo domingo quando ia à banca de jornal sempre comprava uma das últimas edições da revista, hoje em dia quando vou compro a minha e vejo que existem várias ainda no balcão da banca, curioso (a) que sou, perguntei:
Pimenta: - “Seu Manel”, está pedindo mais exemplares da revista Somos?
Sr. Manel: - Não, o pedido é o mesmo, é que esta revista mudou, agora é “Fomos Assim”. Deve ter pegado a “Febre rosa”!
Pimenta: Conheço a Febre Amarela, essa aí nunca ouvi!
Sr. Manel: - Febre Rosa, é quando nosso bolso começa a encher sem esforço, e vamos perdendo o caráter!
Pimenta: Sr. Manel, o senhor deveria ser jornalista e não jornaleiro!
Com este trecho do diálogo entre Sr. Manel e eu, fica claro que algo mudou.
Como diz o ditado: “Neste crepe tem caroço”, digo, “Neste angu tem caroço”. Desculpem-me é que adoro crepe. Mas o que vocês acham, estaria eu me equivocando com pensamentos ilusórios, ou realmente o fofinho do Esdras pegou a Febre Rosa?


http://pimentamalaguetadecampos.blogspot.com/2011/10/sr-manel-e-febre-rosa.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...